terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Doe vida!


Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua VIDA pelos seus amigos. 
(João 15:13)
Num tempo onde os dias passam depressa e nossas responsabilidades sempre aumentam, falar sobre dar a vida por alguém soa até estranho.
Por muitas vezes, quando li este texto (João 15:13), fiquei me perguntando se eu, realmente, daria a minha vida por algum amigo. Confesso que a resposta, normalmente, era: não! Não que eu não os amasse, mas creio que esta resposta pronta surgia devido aos meus medos.
Quando então, tive um entendimento libertador e esclarecedor sobre este texto.
Se o que nós move é o fato de estarmos vivos, então tudo que somos e que nos rodeia, também é vida.
Então, entendo que meu tempo é vida. Meu dinheiro é vida. Minha oração é vida. Meu abraço é vida. Minha ligação é vida. Meu e-mail é vida. Meu SMS é vida. Minha palavra é vida. Meus recursos são vida.
Quando eu visito alguém, estou doando minha vida. Quando deixo de pegar um cinema para aconselhar alguém que necessita, estou doando vida. Quando me importo com alguém, estou doando vida. Quando ofereço um prato de comida a alguém, estou doando vida. Quando invisto tempo em oração por alguém, estou doando vida.
Portanto, concluo que dar a vida é renunciar a si mesmo em favor do próximo, assim como, de forma gratuita, Jesus fez e faz por nós. Renunciar é morrer para que outro possa viver.
Doe vida!