sábado, 7 de abril de 2012

Não brinque com o tentador!

Como é que o Diabo pensou que iria tentar o filho de Deus com poder?
Não é absurdo?


Nada mais absurdo do que tentar um pastor com autoridade, uma irmã de voz angelical com fama, ou um marido fiel com a cobiça que ele nunca imaginou sentir. Às vezes o Cristão pensa que é imune a certas tentações. É justamente aí que mora o perigo. Você nunca esteve mais perto da queda do que quando você se acha mais firme na sua fé (1 Cor 10:12).

É um erro fatal continuar numa situação em que estamos sendo tentados. O próprio Filho de Deus pôs um fim a seu diálogo com o tentador. Era necessário que Jesus fosse tentado, para que soubéssemos que ele pode compadecer-se das nossas fraquezas (Heb 2:18; 4:15). Mas, ele soube dar um basta na tentação e não permitiu que continuasse. Deus nos promete livramento nas tentações (1 Cor 10:13), mas não se ficamos brincando com o tentador.

Você insiste em ficar irado?
Tem dificuldade para resistir "aquela" espiadela na Internet? 
Você fica retornando aquele local, aquele grupo ou aquela situação onde sabe que o pecado mora?

O que você espera que vai acontecer? Que você é forte o bastante pra suportar?
Seja como Jesus - dê um basta no tentador e mande ele embora (Tiago 4:7). Se Jesus precisava fazer isso, imagine nós!

ORAÇÃO:
Santo Deus, maravilhoso Pai, obrigado pela prudência e ousadia de Jesus. Abra nossos olhos para que possamos enxergar o tentador e a tentação sempre que se aproximarem de nós. Que possamos sentir a devida urgência diante da tentação e o devido repúdio pelo tentador. E quando vacilarmos ou cairmos, ajude-nos a nos levantar de novo em arrependimento, certos da graça do Senhor. No nome do nosso Salvador oramos. Amém.