terça-feira, 8 de maio de 2012

Seu Golias está a sua frente, mas ele é tudo o que você vê?



O seu Golias não carrega uma espada ou um escudo; ele ostenta as espadas do desemprego, do abandono, do abuso sexual ou da depressão. O seu gigante não desfila para cima e para baixo pelas montanhas de Elá; ele se ergue no seu escritório, no seu quarto, na sua sala de aula. Ele traz contas que você não pode pagar, notas que você não pode tirar, pessoas a quem você não pode agradar, o uísque que você não consegue resistir, a pornografia que você não consegue rejeitar, uma carreira da qual você não consegue escapar, um passado em que você não pode mexer e um futuro que você não consegue encarar. Você conhece muito bem o rugido de Golias.

Ele está à sua espera pela manhã e vem atormentá-lo à noite. Ele perseguiu seus antepassados e agora surge diante de você; impede a passagem do sol e o deixa na sombra da dúvida. Mas o que eu estou dizendo pra você? Você conhece o Golias. Você reconhece o andar dele e recua diante de suas palavras. Você conhece a voz dele - mas é ela tudo o que ouve? Ninguém mais fala sobre Deus. Davi não falava sobre outra coisa senão em Deus. Um enredo secundário surge na história. Mais do que "Davi versus Golias"  esse enredo passa a ser "o foco em Deus versus o foco no gigante". Davi era especialista em Deus. Como você pode imaginar, ele vê o gigante; mas ele vê Deus com nitidez ainda maior.

Você talvez diga que Davi soube arrancar a cabeça de seu gigante. Quando foi a ultima vez em que você fez a mesma coisa? Quanto tempo faz desde o dia em que você enfrentou seu desafio? Temos a tendência de recuar, de nos metermos debaixo da mesa do trabalho ou de nos arrastarmos para uma boate em busca de distração ou para um cama à procura de um amor proibido. Por um instante, um dia ou um ano, sentimo-nos seguros, isolados, anestesiados, mas o trabalho acaba, a bebida desaparece ou o amante nos deixa - e ouvimos o Golias de novo: estrondoso, bombástico.
Experimente uma tática diferente.

Faça Deus aumENTAR e o Golias DIMinuir. Receba alguma solução irrevogável do céu. Gigante do divórcio, você não vai entrar na minha casa! Gigante da depressão? Você pode me levar uma vida inteira, mas não me vencerá. Gigante do álcool, do fanatismo, do abuso infantil, da insegurança... você vai cair por terra. Quanto tempo faz desde que você pegou seu estilingue e acertou o seu gigante? 

Faça seu gigante correr ao se deparar com uma alma cheia de Deus.

Trechos retirados do Livro: Derrubando Golias - Max Lucado