quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Dependente - Jotta A





Ah, como eu queria fazer
As coisas certas, sem correr riscos
Ah, como eu queria amar
E não ligar se não fosse correspondido

Mas, se fosse assim, não haveria favor
Não haveria sobre mim o agir do Senhor
Grato sou pelo teu amor

Ah, como eu queria andar
Em um corpo que só fosse incorruptível
Ah, como eu queria colher
Apenas frutos bons, mas eu não consigo
Talvez, se fosse assim, eu não daria valor,
Não buscaria em Deus melhorar o que sou
Ele é tudo o que eu preciso

Por mais que eu cresça,
Sou uma criança
Buscando no maior confiança
Sou aprendiz do agir de Deus em mim por toda a minha vida

Ele me fez ser dependente
De um pai que nunca esteve ausente
Sou um aprendiz do agir de Deus em mim por toda minha vida

Ah, como eu queria sorrir
Na certeza de que a dor não voltaria
Ah, como eu queria chorar
Só por motivos de grandes alegrias
Mas, se fosse assim, não haveria favor,
Não haveria no meu peito o consolador
Grato sou pelo teu amor